Westworld: minhas teorias

Foto Rômulo Brasil
• Publicado em: December 5, 2016

westworld

Westworld veio em tempos que ainda tenho saudades da internet da época de Lost, a web fervia de tanta teorias, discussões sobre os próximos episódios e questionamentos do que era tudo aquilo que nos agraciavam no mundo de Lost.

Hoje, temos The Walking Dead e Game of Thrones, talvez as duas maiores séries da atualidade que segue essas mesma linha fervorosa de discussões na internet, mas as duas são inspiradas em obras como HQ no caso de TWD, e livros no caso de GoT. Então, quem ler essas obras publicadas sabe mais ou menos ou “exatamente” como vai ser o futuro dessas séries, apesar de GoT já ter alcançado os livros. Já no caso de Westworld, você sabe que ela foi inspirada no filme homônimo de 1973, escrito e dirigido pelo Michael Crichton, se você assistiu ao filme, sabe que tem muita diferença entre os dois e pode até haver algumas semelhanças, mas as duas tramas são diferentes. O que eu estou querendo dizer, é que em Westworld, nós não temos onde se inspirar as nossas teorias e a única fonte que temos são os episódios e que isso é muito mais legal, pois deixa todas as pessoas no mesmo nível e o que vale é a sua capacidade de percepção.

Bom, vou dedicar esse post para todas as teorias do final da temporada 1 para o que virá daqui pra frente, então terá “SPOILER“.

Teoria 1:

Primeiro vou falar do final da primeira temporada (S01E10), no “último” discurso de Dr. Ford, onde ele fala sobre a nova narrativa, ele fala que as pessoas não são capaz de mudar e que a proposta é um nascimento de um novo povo e com as escolhas que eles terão que fazer.

Na minha visão, essa história é uma evolução do labirinto criado pelo Arnold Weber, e que esse novo povo são os “androides”, bom, isso está mais do que claro e que essas decisões tomadas por esse novo povo, os levará até o “continente” (tenho uma teoria sobre o continente). Só que tem um detalhe, a Dolores mata o Dr. Ford da mesma maneira em que matou o Arnold, mas ai me veio pela cabeça o episódio S01E07, onde Bernard leva Theresa Cullen para o laboratório secreto do Dr. Ford e que ela ver um equipamento fazendo um host (anfitrião) e se esse tal anfitrião que essa maquina estava fazendo fosse o próprio Dr. Robert Ford. Sendo que aquele menino que aparecia com Dr. Ford, fosse ele quando criança.

drford

Eu não acho que o Dr. Ford tem uma personalidade suicida e conhecendo as ações dele, já que ele teve um conversa com a Dolores e Bernard antes de seu discurso, sendo que essa conversa meio que foi para desbloquear algo dentro dela, meio que ele já sabia que o próximo passo dela seria matá-lo.

E ai, faz sentido?

 

Romae