Blog

Foto Rômulo Brasil

Spider-Man: Homecoming – Minhas Impressões

• Publicado em: July 7, 2017

Spider-Man: Homecoming ou Homem-Aranha: De Volta ao Lar não é o melhor filme do amigão da vizinhança, mas está no mínimo entre os três melhores, o Spider-Man 2 continua sendo o melhor de todos e ainda é insuperável.

Confesso que quando Tom Holland foi escolhido para ser o terceiro Peter Parker nos cinemas para mim foi meio que indiferente, pois até o momento só tinha assistido O Impossível (2012) com ele e depois assisti No Coração do Mar (2015) e gostei muito da atuação dele nesse filme. Ao meu ver, até então, a melhor opção era o Logan Lerman ou o Asa Butterfield que até chegou a ser anunciado como o novo Homem-Aranha, mas não soube guardar segredo e foi logo demitido. Hehehe. Bom, Tom Holland não só é o melhor Homem-Aranha como é o melhor Peter Parker dos cinemas, apesar que Tobey Maguire sempre vai ocupar um espaço no meu coração como Peter Parker / Homem-Aranha, mas ele era muito velho para o papel. Toda minha referencia do Aranha era um Peter Parker adolescente “nerdão” no colégio e depois no Clarim Diário. O Holland foi muito bem beneficiado por um ótimo roteiro que foi escrito por uma equipe de 6 pessoas, mas não só o roteiro é muito bom, mas ele também tinha que nos entregar uma ótima atuação e entregou mesmo.

Grande parte do filme é dado para mostrar o Peter Parker, sua personalidade e suas essências são muito bem trabalhadas, as interações com seus colegas, seu amigo Ned (uma das melhores coisas do filme) e sua Tia May são muito bem desenvolvidas. E eu pensava que o Tony Stark poderia estragar o filme e é uma participação pequena e super pontual. Pena que os trailers mostraram muitas coisas e basicamente entregam um ponto de virada muito importante do filme que meio que me tirou um pouco do filme, porém por um trabalho de roteiro ainda tem um plot twist, apesar de não ser espetacular me colocou de volta para o filme e os trailers não estragam toda a experiência do filme.

Adoro Michael Keaton desde Beetlejuice (Os Fantasmas se Divertem). Ele entrega um belíssimo trabalho dando a vida ao Adrian Toomes / Vulture (Abutre), desde do Loki que não temos um vilão com uma clareza em suas motivações e é muito bem trabalhado, apesar de achar que ele precisaria de um pouco mais de tempo de tela, principalmente interações dele, Abutre, com o Homem-Aranha, basicamente temos apenas os embates entre eles dois em cenas de ação. A cena do carro do Keaton como Adrian Toomes e Holland como Peter Parker é umas das melhores em termos de atuação e dialogo. Tom Holland mostrando mais uma vez que tem um nível altíssimo de atuação e não se intimida com os gigantes como Michael Keaton e Robert Downey Jr.

Adoro as trilhas sonoras do Michael Giacchino, mas aqui não é o ponto alto do filme e muito menos o melhor trabalho dele. Para mim, falha em criar trilha temas, mas a trilha que segue o filme é muito boa. Uma coisa nostálgica do filme é que toca a trilha clássica na abertura da Marvel, que lindo.

Jon Watts e sua equipe entregam um ótimo filme em vários quesitos, a fotografia é claramente um filme da Marvel com cores saturadas e a fotografia diferenciada para as cenas do vilão que entregam cores mais acinzentada e escuras. Apesar de achar que o Homecoming não ter uma cena memorável como o Homem-Aranha 2 do Sam Raimi tem varias, Jon Watts faz um ótimo trabalho em referenciar e intercalar o Peter Parker com o Homem-Aranha, principalmente Peter Parker e sua vida na escola que é aonde John Hughes é referenciado claramente com Clube dos Cinco e Curtindo a Vida Adoidado entre outros filmes dos anos 80. Outro ponto assertivo do filme é a quebra do estereotipo e do clichê, principalmente com a personagem Laura Harrier, a Liz, que é uma garota popular e que não sabe da existência do protagonista nerd que gosta dela. É muito pelo contrario, ela sabe da existência dele e que ele gosta dela. Outro é o Flash Thompson que não é um cara alto, bombado e que é líder de algum time de qualquer esporte. Até mesmo o bullying é tratado de forma natural de um cotidiano de uma escola, nada apelativo.

Spider-Man: Homecoming é um filme super/mega divertido e recomendo muito. A cena pós-créditos é a melhor que a Marvel já fez.

#RECOMENDADÍSSIMO

Romae