Blog

Foto Rômulo Brasil

Os melhores álbuns de 2017

• Publicado em: January 1, 2018

Eis que chega o final do ano e faço aquela lista inútil dos melhores do ano. Esse ano tivemos muitas lançamentos bons. Mastodon veio com um álbum primoroso e depois eles vem com uma novidade falando que iriam lançar mais um EP de inéditas no mesmo ano e foi outro lançamento incrível, realmente 2017 foi o ano do Mastodon. Soen não fez nada mais do que sua competência e nos agraciou com o Lykaia. Mas na minha humilde opinião o melhor álbum de 2017 foi Melodrama, Lorde tinha uma grande missão que era superar o Pure Heroine e provar que aquele álbum não foi por acaso. Eu confesso que estava com certo medo do próximo álbum da Lorde vir com uma pegada totalmente Pop e quebrei a cada bonito. Um álbum que vem numa crescente com suas melodias e batidas eletroacústicas em um passeio de emoção.

Minha lista, minhas regras. hehehe. A lista dos top 10 que na realidade tem 12 álbuns, pois Mastodon lançou um álbum e um EP que os dois estão do mesmo nível. A outra ressalva é os Irmãos Gallagher que adorei todos os dois álbuns, mas fiquei muito na dúvida qual deixar de fora da lista e então coloquei os dois na mesma posição para os dois não brigarem. hehehe

 

Segue a lista completa dos melhores de 2017 na minha opinião:

  1. Lorde – Melodrama (Indie Pop / Electronic)
  2. Mastodon – Emperor Of Sand / Cold Dark Place EP (Progressive Metal)
  3. Soen – Lykaia (Progressive Metal)
  4. He Is Legend – Few (Alt. Rock / Post-Hardcore / Southern)
  5. Manchester Orchestra – A Black Mile To The Surface (Indie Rock)
  6. Royal Blood – How Did We Get So Dark (Garage Rock / Blues Rock)
  7. Deep Purple – inFinite (Hard Rock)
  8. At the Drive-In – in•ter a•li•a (Post-Hardcore / Experimental)
  9. Prophets Of Rage – Prophets Of Rage (Rap Metal)
  10. Noel Gallagher’s High Flying Birds – Who Built The Moon (Indie Rock / Britpop) / Liam Gallagher – As You Were (Indie Rock / Britpop)
  1. Trivium – The Sin And The Sentence (Melodic Metalcore)
  2. Sepultura – Machine Messiah (Thrash Metal)
  3. Converge – The Dusk In Us (Chaotic Hardcore)
  4. Incubus – 8 (Alternative Rock)
  5. Roger Waters – Is This The Life We Really Want (Rock)
  6. Europe – Walk the Earth (Hard rock)
  7. Rise Against – Wolves (Punk Rock)
  8. Ryan Adams – Prisoner (Rock)
  9. Stereophonics – Scream Above the Sounds (Alternative Rock / Britpop)
  10. Eminem – Revival (Hip-Hop/Rap)

Melhor álbum brasileiro do ano:

Tim Bernardes – Recomeçar (Pop Rock, Indie Pop, Folk)

Em uma fase na música não muito esperançosa que nosso país vem vivendo nos últimos anos que só tem “espaço” para o Funk e o Sertanejo Universitário (não tenho nenhum preconceito com gênero e estilo musical), eis que surge Tim Bernardes (O Terno) seu primeiro álbum solo, Recomeçar, e traz melancolia em sua essência. Músico como Tim Bernardes que ainda nos faz crer que o Brasil está passando é apenas fase e que podemos ter esperança na música brasileira.

Menção Honrosa

Don L – Roteiro Pra Aïnouz vol.3 (Rap)

O estilo de Roteiro Pra Aïnouz vol.3 foge muito do meu radar, pois não é um estilo musical que costumo pesquisar, então foi bem por acaso que descobrir Don L, foi basicamente quando li que Autumn Sonnichsen, uma fotografa que admiro e sigo o seu trabalho, que ela iria dirigir uma clip do Don L da música Laje das Ilusões e quando vi o clip adorei a música e fui escutar o álbum completo e explodiu minha cabeça com suas letras e rimas. E ainda descobri que ele é de Fortaleza e o chamam de MC favorito dos seus MC’s favoritos.

Outros lançamentos de 2017

Iria fazer uma lista completa de tudo que tinha escutado em 2017, só que dá muito trabalho de ficar elegendo e colocando em uma posição. Então segue o resto dos álbuns que escutei e que gostei. Caso algum álbum ficou de fora é porque eu não gostei e nem merece entrar na lista ou simplesmente não conheço ou pode ser que esqueci mesmo. A lista está em ordem alfabética.

Até a próxima que será na lista dos melhores filmes de 2017.

 

Romae